CyberSecurity Tech world Veja

Apple processa startup por criar uma cópia do software do iPhone

Há mais de um ano, uma empresa chamada Corellium oferece aos hackers um iPhone virtual. Por um preço, você poderia convocar um iPhone virtual no seu computador, alterando o modelo ou a versão do iOS através de uma guia de menu simples.

Agora, a Apple está processando para desligar o iPhone virtual. Em um processo inicialmente denunciado pela Bloomberg, a Apple alega que a réplica virtual do iPhone do Corellium infringe os direitos autorais da empresa sobre o iOS e a tecnologia relacionada. Seria quase impossível usar o sistema do Corellium como substituto de um iPhone (para começar, não é móvel nem acessível ao SIM), mas ainda copia diretamente o iOS, dando à Apple uma reivindicação.

“O objetivo deste processo não é sobrecarregar a pesquisa de segurança de boa-fé, mas sim pôr fim à comercialização ilegal de obras valiosas com direitos autorais da Corellium”, argumenta o advogado da Apple em sua denúncia inicial.

Parte da preocupação da Apple com o produto pode ter sido para o que o Corellium realmente estava sendo usado: caça a bugs. De acordo com relatos do Motherboard e da Forbes no ano passado, o iPhone virtual de Corellium foi usado principalmente por pesquisadores que procuravam vulnerabilidades no iOS e no próprio iPhone, que muitas vezes eram vendidos a terceiros em vez de reportados à Apple.


Ainda assim, resta saber como o Corellium irá responder. Conforme observado pela Bloomberg, o Corellium atualizou sua política pública de propriedade intelectual no mês passado. Uma convocação foi emitida na sequência do pedido da Apple, dando Corellium 21 dias após o parto para responder ao processo.

Via The Verge