Curiosidades CyberSecurity Mundo Tech world Veja

Apple tenta esclarecer alegações do Google sobre vulnerabilidades iOS

Apple questionou as descobertas do Google sobre sites carregados de exploração que injetam código malicioso nos iPhones.

Na semana passada, o Google publicou uma postagem no blog descrevendo como um punhado de sites invadidos havia se beneficiado de uma vulnerabilidade do iOS. Hoje, a Apple compartilhou uma refutação. A Apple reitera que as vulnerabilidades destacadas pelo Google foram corrigidas em fevereiro. Ele diz que o ataque afetou menos de uma dúzia de sites direcionados à comunidade uigur. A Apple acredita que os ataques ao site só foram operacionais por cerca de dois meses, e não dois anos, como escreveram os pesquisadores de segurança do Google. A Apple supostamente corrigiu o problema dentro de 10 dias após o aprendizado.

O Google respondeu com a seguinte declaração:

“O Project Zero publica uma pesquisa técnica projetada para melhorar o entendimento das vulnerabilidades de segurança, o que leva a melhores estratégias defensivas. Mantemos nossa pesquisa aprofundada, escrita para se concentrar nos aspectos técnicos dessas vulnerabilidades. Continuaremos a trabalhar com a Apple e outras empresas líderes para ajudar a manter as pessoas seguras online “.

Ainda assim, diz a Apple, a segurança é uma de suas principais prioridades. “Independentemente da escala do ataque, levamos a segurança de todos os usuários extremamente a sério.” Os pesquisadores do Google apontaram outras falhas de segurança do iOS no início deste verão, e a Apple recentemente teve que corrigir um erro que permitia aos usuários desbloquear telefones. Se nada mais, este é um lembrete de que a cibersegurança é uma batalha em andamento.